PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais NR-09.

De acordo com a a Constituição Federal as empresas devem garantir a redução dos riscos que os trabalhadores estão expostos. A NR 09 determina que as empresas devem elaborar e implantar o PPRA, identificando os riscos, causas, consequências e quais as medidas de controles existem na empresa, além de avaliar a eficácia dessas medidas e estabelecer um plano de ações com novas medidas para controlar tais riscos. Saiba mais..


PCMSO - Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional NR-07

As empresas devem elaborar e implementar um programa de avaliação e monitoramento dos trabalhadores. De acordo com os riscos identificados, o Médico do Trabalho determina quais exames são necessários para avaliar os colaboradores e com qual periodicidade eles devem ser realizados. Além disso, deve ser feito o relatório anual, com indicação de exames alterados, comparação com anos anteriores e metas para os próximos anos. Saiba mais...


LTCAT - Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho

Ao contrário do que se pensa, o LTCAT não é um Laudo de Insalubridade e Periculosidade. Esse documento visa atender a legislação previdenciária, especificamente no que se refere ao direito à Aposentadoria Especial. Também ser de embasamento para o preenchimento do PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário. Esse documento não é um programa de melhorias e sim um laudo da situação atual, devendo ser revisto sempre que houverem modificações. Saiba mais...


LTIP - Laudo Técnico de Insalubridade e Periculosidade NR-15 e NR-16

Assim como o LTCAT, o LTIP não é um programa de gestão de risco com objetivo de melhorias. É um Laudo comparecer sobre o direito ou não que o trabalhador têm de receber o adicional de insalubridade ou periculosidade. Deve ser elaborado de acordo com a NR-15 para agentes físicos, químicos ou biológicos ou de acordo com a NR-16 para o trabalho com Eletricidade, Explosivos, Inflamáveis e Radiação Ionizante. Saiba mais...


AET - Análise Ergonômica do Trabalho NR-17

A Análise Ergonômica do Trabalho tem por objetivo atender a NR-17, realizando avaliação dos fatores de conforto, mobiliário, rotinas, posturas e movimentos e realizados pelos colaboradores, propondo melhorias. Dentre os fatores avaliados estão: iluminação, conforto acústico, temperatura ambiente, mobiliário (mesas, cadeiras, monitores, etc), movimentos repetitivos, e posturas e outros que podem levar a doenças ocupacionais com LER/DORT, fadiga, estresse e outros. Saiba mais... 


PPR - Programa de Proteção Respiratória - IN 01/94 MTE

O PPR é um programa para seleção e avaliação de EPR - Equipamento de Proteção Respiratória. De acordo com o produto exposto e a intensidade de concentração no ambiente o avaliador determinará qual o tipo de respirador é adequado a atividade. Além disso também deve ser realizado o Fit Test - teste de vedação de mascaras. Essa técnica consiste em avaliar se o respirador escolhido está adequado ao rosto do usuário. Saiba mais...


PCMAT - Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Construção NR-18

Canteiro de obras com mais de 20 trabalhadores devem elaborar e implantar um Programa de Segurança do Trabalho específico para as atividades desenvolvidas no canteiro. O PCMAT não deve ser uma carta de intenções, mas um plano de ações concreto. Detalhando as proteções coletivas e individuais necessárias em cada fase da obra, bem como a organização do canteiros e o programa de treinamentos. Saiba mais...